28/05/2017

Neonazista se torna muçulmano e mata seus amigos nazistas por não respeitarem sua religião

Neonazista se torna muçulmano e mata seus amigos nazistas por não respeitarem sua religião

Devon Arthurs era nazista, se tornou muçulmano, e mais tarde se transformou em um assassino. Esta é a história inacreditável de um jovem de 18 anos, morador da Flórida, Estados Unidos, que deixou de ser um extremista de direita para se converter em um religioso.

Após o assassinato, Arthurs sequestrou três pessoas numa loja especializada no cultivo de maconha. Após uma pequena negociação, acabou se entregando à polícia.

De acordo com o New York Daily News, o assassino se justificou diante dos agentes, assegurando que estava cansado do anti-islamismo da sociedade norte-americana, e do assédio de seus companheiros de apartamento. Por isso, confessou que os havia assassinado. Num primeiro momento, a polícia não levou a revelação a sério, mas quando a casa do detido foi investigada, foram encontrados os cadáveres de Jeremy Himmelman, de 22 anos, e de Andrew Oneschuk, de 18 anos.

O jovem foi acusado de dois assassinatos, dois assaltos, e três sequestros com arma de fogo. Ele poderá ser condenado à pena de morte pelos crimes cometidos.

As autoridades também detiveram Brandon Russell, outro dos companheiros de apartamento do acusado. Ele se livrou de ser assassinado, mas possuía um arsenal de explosivos em casa. Arthurs assegura que Russell, que é neonazista, queria cometer um atentado contra um edifício público.




Posts Relacionados Plugin for WordPress, Blogger...

Públicidade